Surra SP em Porto Alegre

O power-trio Surra (SP) tá de volta! E dessa vez para apresentar o seu mais recente álbum "Escorrendo pelo Ralo".

Três anos após lançar seu primeiro disco, "Tamo Na Merda", o Surra apresenta "Escorrendo Pelo Ralo". O disco, lançado em digipack e vinil pelos selos Läjä Recs e Sertão Attack, apresenta 17 faixas inéditas e conta com meia-hora de duração em seu total. As duas peças de arte que compõem o trabalho ficaram por conta de Marcelo Augusto (Draw or Die), e o projeto gráfico é de autoria do próprio baixista da banda, Guilherme Elias.

Sendo composto desde o final de 2017, o lançamento foi intercalado no meio do caminho pelo EP "Ainda Somos Culpados", lançado em vinil de 7 polegadas pelo selo Peculio Discos, e também pelo split com a banda Damn Youth, lançado em vinil de 10 polegadas também pela Läjä, ambos em 2018.

Em se tratando da sonoridade, além da velocidade desenfreada que já é característica da banda, outros elementos, alguns inusitados, foram adicionados. Em algumas músicas fica evidente a influência de bandas de grindcore e powerviolence, com blast beats velozes e riffs cortantes, assim como em outras surge o lado mais metal da banda, com influências diretas do Death Metal nas partes mais pesadas. Além do já citado samba, a banda também inovou e adicionou elementos de ska e reggae na música "Viver em Santos".

Na parte lírica, a grande maioria das músicas segue a toada de crítica social que já virou marca registrada da banda, ainda mais em tempos de ascensão de uma elite conservadora, preconceituosa e assassina, não só no Brasil, mas no mundo inteiro. Essas críticas, além dos efeitos que essas mazelas sociais causam em nossas mentes e corpos, dão o tom do disco, se tornando uma catarse contra todos os retrocessos horríveis que sofremos em nosso dia-a-dia.

O disco inteiro, exceto o samba "Virou Brasil pt.1", foi gravado no Family Mob Studio, em São Paulo, e foi produzido por Hugo Silva em conjunto com a própria banda. Todo o instrumental das músicas foi gravado ao vivo. A masterização e finalização ficou por conta da Absolute Master.

Com o trabalho lançado, a banda segue com sua filosofia de produção incansável e continua preenchendo a sua agenda de shows o máximo possível, além de já se planejar para compor novos sons que farão parte de futuros lançamentos.

INGRESSOS DISPONÍVEIS:
* Meia-entrada - Para o benefício da meia-entrada (50% de desconto), é necessária a apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE - http://bit.ly/docdoestudante) na entrada do show. Os documentos de estudante válidos estão determinados na Lei Federal 12.933/13.

** Solidário - Valor reduzido, disponível para qualquer pessoa, mediante a doação de um agasalho em bom estado ou 1kg de alimento não perecível. As doações deverão ser entregues na entrada ao evento.

Eventos similares

Pegue um convite