Sarau Nosotras Ninguém solta a mão de ninguém?

Sarau Nosotras Ninguém solta a mão de ninguém?

quinta
19:00
O evento acontecerá daqui 1 ano em uma quinta. Ver minha agenda neste dia

Nuwa

Augusto Pestana, 153, 90040-200 Porto Alegre

Sobre o evento

Ninguém solta a mão de ninguém? Mesmo? O termo sororidade está em evidência. E a gente acha isso o máximo. Mas, que mãos mesmo são essas? E pra quem é que nunca damos as mãos? Até onde a sororidade vai realmente? Só entre mulheres parecidas? Só onde nos enxergamos? Sororidade mesmo, real, só existe quando nos comprometemos a ir em direção a todas as mulheres, nas mais variadas experiências. É assim, interrogando o conceito de sororidade, em suas mais diferentes implicações e aparições, que vamos abrir a roda de novo!

Vai ser dia 10 de outubro, das 19h às 21h30, na Nuwa, um clube de negócios 100% feminino, na Augusto Pestana, Bom Fim.

Nessa edição, o trio fixo Nosotras Lau Patrón, Tatiana Cruz e Marlete Oliveira recebe a escritora Clara Corleone e a poeta Bia na roda. No Abrir Voz, a potência da fala da cantora e atriz Valéria Barcellos. Vai ser lindo!

CONVIDADAS

Bianca Machado: Bianca, conhecida nas rodas de poesia como Bia, tem 24 anos, é poeta, atriz e produtora multimídia. Cresceu no bairro Lomba do Pinheiro, zona leste de Porto Alegre. A Bia escreve poesia desde os 13 anos, foi a primeira da sua família a se formar na faculdade e estuda teatro desde 2015 na Teatraria. Além de tudo isso, ela ainda faz parte do coletivo de poesia Uni.verso, desenvolvendo trabalhos com poesia nas ruas, escolas e eventos. Sua escrita é centrada nas suas vivências enquanto mulher, lésbica e negra. Acredita no poder da arte como forma de revolução.

Clara Corleone: Clara Corleone é atriz e escritora. Desde 2017 comanda um sarau literário com seu nome no bar Von teese e está lançando seu primeiro livro “O Homem Infelizmente Tem Que Acabar” pela Editora Zouk.

Abrir Voz: Valéria Barcellos é cantora, atriz, dj, performer, aspirante a fotógrafa e artista plástica, ativista e milituda. Ela é a vontade humana de dar vez e voz às mulheres pretas e trans. Ela é negra e trans, uma mulher que quer tudo ao mesmo tempo. Uma mulher que é tudo que quiser.

Nossa artista homenageada do novo ciclo Nosotras é Mitti Mendonça, da Mão Negra. Em sua arte de colagem, desenho, ilustração e bordado, Mitti se propõe a criar diálogos e protagonizar poéticas negras no universo da arte. Mitti é artista residente do espaço Barraco Cultural, onde ministra oficinas. Parte de suas obras estará em exposição para venda durante as edições do sarau.

O Sarau tem o patrocínio de Editora Zouk e segue no mesmo formato: som ambiente antes e depois de abrir a roda, pra entrar no clima do bando, wine bar e sanduichinhos e doces deliciosos das meninas do Café Gatô à venda no local.

Nosso sarau é feito só por mulheres e para todas as pessoas identificadas com o gênero mulher em um espaço seguro, 100% feminino. Durante a roda, lemos apenas autoras mulheres também e abrimos voz para que as mulheres da plateia leiam também seus escritos ou de poetas pelas quais tenham afeição. Acreditamos que essa troca é o verdadeiro espírito Nosotras. Mas fique tranquila: quem ainda não quiser ler pode ficar apenas atenta, escutando, preparando o coração pra quando, um dia, se sentir segura pra compartilhar.

Esperamos vocês.

Eventos similares

Abrir no facebook
Compartilhar