Oficina de Introdução à Realização em Cinema Documentário

Produção de documentário por uma perspectiva ético-estética, problematizando e questionando o nosso olhar em relação ao Outro – um olhar social, determinado e determinante. Assim, esta oficina pretende desenvolver o aspecto lúdico, criativo e crítico do cinema documentário tendo como recorte a questão da alteridade e a representação do Outro. Desta forma, o cinema documentário será um dispositivo para a produção e circulação de saberes entre os oficinandos, transfigurando o lugar comum da vida cotidiana.
_____
Objetivos
- Introdução ao cinema documentário;
- Capacitar na análise crítica do cinema documentário e seus modos de abordagem;
- Realizar exercícios práticos acerca da linguagem audiovisual, das técnicas de entrevista e dos modos de abordagem contidos no documentário;
- Realizar um documentário de curta-metragem.
_____
Percurso

ENCONTRO 1: Introdução ao Cinema Documentário
- Breve história do cinema documentário;
- Os principais modos de abordagem contidos no documentário;
- Apresentação de trechos de filmes para análise de estrutura;
- Exercício Prático.

ENCONTRO 2: Introdução ao Roteiro de Documentário
- Pesquisa de campo e entrevistas;
- Pré-roteiro, roteiro e roteiro de edição.
- Estrutura narrativa;
- Exercício prático.

ENCONTRO 3: Produção
- Laboratório de produção.

ENCONTRO 4: Finalização
- Projeção e discussão dos trabalhos realizados.
_____
Sobre a ministrante
Luciana Tubello Caldas é mestra em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), onde desenvolveu a pesquisa “Clube das 5: transformação e criação de si em práticas cinematográficas no espaço escolar”. É idealizadora do Projeto Cinema Popular que oferece oficinas teóricas e práticas de cinema gratuitas ou a preços populares nos principais espaços culturais da cidade de Porto Alegre/RS. Em 2019 coordenou e ministrou a "Oficina Popular de Filmagem: formação, produção e experiência cinematográfica", com financiamento da Secretaria de Estado da Cultura, por meio do Pró-Cultura RS FAC - Fundo de Apoio à Cultura, que propôs uma formação - destinada a estudantes de escolas públicas entre 13 e 18 anos - acerca da linguagem audiovisual. Ainda, em 2019, coordena o projeto "Oficina Popular de Filmagem: memórias e narrativas audiovisuais do Bairro Arquipélago", também com financiamento da Secretaria de Estado da Cultura, por meio do Pró-Cultura RS FAC - Fundo de Apoio à Cultura, que pretende fomentar a pesquisa, a formação e o registro dentro da temática do patrimônio cultural, com ênfase nas memórias e narrativas dos habitantes do Bairro Arquipélago através de uma oficina com jovens estudantes, entre 13 e 18 anos, da rede pública de ensino.
_____
Dias: 19/11, 26/11, 03/12 e 10/12 (terças-feiras).
Horário: 19h - 22h.
Local: Fora da Asa (José do Patrocínio, 642 – Lado B).
_____
INSCRIÇÕES: encurtador.com.br/AGIJZ

Eventos similares

Pegue um convite