Memorial - 50 anos dos expurgos da UFRGS

A fim de marcar o cinquentenário dos expurgos ocorridos em 1969 na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, um grupo de professores criou o projeto de extensão Memória: 50 anos dos expurgos da UFRGS. Nele, haverá uma série de atividades, em 28 de novembro, com o propósito de homenagear as pessoas que tiveram suas carreiras na universidades tolhidas pela ditadura que imperava no Brasil.

A homenagem contempla uma escultura de pedra feita por Irineu Garcia; um jardim projetado pelos professores Paulo Brack e Sérgio Tomasini com plantas que simbolizam o sangue derramado e a resistência; assim como a exposição de 18 aquarelas de autoria de José Carlos Freitas Lemos. A mostra contará ainda com depoimentos de professores, fotos, vídeos e outros documentos que ilustram o contexto de 1964 a 1969.

Ainda sobre a temática do memorial e em homenagem aos expurgados da UFRGS no período ditatorial, o grupo organizador realiza uma mesa de discussão com o intuito de promover uma reflexão sobre os fatos ocorridos e celebrar aqueles que lutaram à época contra o regime.

Para mais informações, acesse: https://www.ufrgs.br/difusaocultural/professores-homenageiam-expurgados-da-ditadura-militar-na-ufrgs/

Confira a programação completa:

> Cerimônia de abertura do Memorial aos expurgados da UFRGS <
Data: 28 de novembro de 2019
Horário: 14h
Local: Campus Centro da UFRGS – pátio entre a Faculdade de Educação e o Anexo III/PRAE

> Mesa de abertura da exposição em homenagem aos expurgado<
Data: 28/11/19
Horário: 15h
Local: Sala Ipê do Centro Cultural da UFRGS

> Exposição de José Carlos Freitas Lemos <
Data: 28/11/19
Horário: 16h
Local: Sala Pitangueira do Centro Cultural da UFRGS
Período de visitação: 28/11 a 31/12/19

Eventos similares

Pegue um convite