Jamile lança CD ‘If You Could See Me Now’ na BPE

Jamile lança CD ‘If You Could See Me Now’ na BPE

terça
19:00
O evento acontecerá daqui 11 meses em uma terça. Ver minha agenda neste dia

Biblioteca Pública Do Estado Do Rio G...

Rua Riachuelo, 1190 Porto Alegre, Rio Grande do Sul, 90010-273 Porto Alegre

Sobre o evento

Projeto Chapéu Acústico encerra temporada 2019 com
lançamento do CD ‘If You Could See Me Now’ de Jamile

De passagem no Brasil, a gaúcha Jamile Staevie Ayres, que reside e faz carreira nos EUA, onde cursa Mestrado em Jazz, na City College of New York, irá lançar seu primeiro CD, “If You Could See Me Now” no dia 17 de dezembro (terça), a partir das 19h, na Biblioteca Pública do Estado (Riachuelo, 1190). Acompanhada de Gilberto Oliveira (violão e guitarra), a cantora mostrará o trabalho, apresentado recentemente no Birdland, na capital novaiorquina. O show encerra a temporada 2019 do projeto Chapéu Acústico e tem entrada gratuita ou mediante contribuição espontânea.

Com uma profunda e cativante voz, Jamile vem encantando plateias por onde passa e já teve a oportunidade de cantar no Festival de Jazz de La Spezia, na Itália. Desde que se mudou para Nova Iorque, tem cantado com alguns dos mais renomados clubes de jazz do mundo, como o Smalls Jazz Club, Minton’s Playhouse, Jazz At Lincoln Center e Birdland. Mas foi no Brasil que tudo começou para a artista, que desde pequena soube que cantar era a sua missão. Um dos trabalhos mais notáveis de sua trajetória foi a participação como solista no espetáculo “Eu Sou Maria” (Nativitaten), parte do Natal Luz de Gramado, que a cada temporada traz uma plateia de mais de 500 mil pessoas. Além disso, participou da gravação do álbum “Selfie”, de Jair Oliveira, o qual recebeu nomeação ao Grammy Latino. Neste mês de dezembro ainda, ela deverá fazer sua primeira turnê no México.

Jamile
Natural de Cachoeira do Sul, Jamile começou sua trajetória na música aos 4 anos, no ambiente escolar e uma igreja em sua cidade natal, ganhando várias competições locais durante a infância. Aos 15 anos mudou-se para Porto Alegre, quando começou a atuar profissionalmente, cantando em pubs e diversos eventos particulares. Estudou com professores consagrados, como Gisa Volkmann (canto), Gilberto Oliveira (harmonia e improvisação) e Daniel Sá (percepção e teoria musical). Em 2013 ingressou no curso de Música da UFRGS e passou a integrar o Coral Porto Alegre, dirigido por Gisa Volkmann, até 2015, quando passou a integrar o elenco do espetáculo “Eu Sou Maria” no 30º Natal Luz de Gramado.

Na vida acadêmica, tematizou o Div@s, sobre a performance e escrita sobre música experimental, no projeto de extensão. Em 2016, graduou-se com Láurea Acadêmica em Música (Habilitação em Música Popular e instrumento Canto), tendo como enfoque na conclusão de curso, a composição de músicas instrumentais para voz no âmbito do Jazz. Como referência, ela sempre cita Aretha Franklin quando se trata de performance integrada à técnica vocal e busca de sonoridade; além de Etta James, Dinah Washington, Billie Holiday, Sarah Vaughan, Gal Costa e Joyce Moreno. E ainda as cantoras em destaque na cena atual do jazz: Cyrille Aimée, Gretchen Parlato e Tierney Sutton. Dentre instrumentistas, compositores e improvisadores que considera referência estão Bill Evans, Chick Corea, Thelonious Monk, Herbie Hancock, Toninho Horta, Tom Jobim e Chico Pinheiro.

Gilberto Oliveira
Guitarrista, violonista, baixista, compositor, arranjador e produtor, é conhecido por imprimir um estilo marcante à sua música e na dos artistas com quem produz e atua, sendo bastante requisitado em palcos e estúdios. Músico e professor há 38 anos, teve a oportunidade de dividir o palco e gravar com vários artistas brasileiros e estrangeiros. Com um trabalho próprio, também atua com vários artistas como instrumentista, arranjador e diretor musical. Dentre os brasileiros estão Neguinho da Beija-Flor, Bebeto, o saudoso Mestre Marçal, Jamelão, Gelson Oliveira, Luciah Helena, Loma, Djalma Corrêa, Robertinho Silva, Zé Caradípia, Daniel Torres, Geraldo Flach, Renato Borguethi, Tadeu De Marco, Cesar Passarinho, Cauby Peixoto, Jim Porto, Cidinho Teixeira, Alcione, Lidoka (Frenéticas), entre outros. No cenário internacional estão as cantoras Jane Blakstone, Kat Parra , Sandy Sasso e Roseanna Vitro, indicada ao “GRAMMY” 2012, os pianistas Verner Vana, Gladstone Trott, Warren Byrd e Cliff Korman e Allen Farnham, todos norte-americanos; o guitarrista sueco Tomas Janzon; a trompetista holandesa Saskia Laroo; o trombonista inglês Mark Mulley, a cantora dominicana Irka Mateo e a cantora uruguaia Mariana Moraes, entre outros.

Como instrumentista participou do DVD de Álvaro Luthi “Eu Gosto” (2011) e do CD “A Saga de um Homem Comum” (2015) da Banda Capitão Rodrigo. Foi produtor e diretor musical no CD “Vestígios Violeta” (2014) de Isabel Nogueira. Pelo CD autoral “Cordas Pra Que Te Quero” (2009), de música instrumental, onde atuou como instrumentista, arranjador, compositor e diretor musical, teve 6 indicações no I Prêmio Brasil Sul de Música, vencendo como Instrumentista na categoria Instrumental. O disco foi indicado ao Prêmio Açorianos de Música em 2011 e pré-selecionado ao Prêmio da Música Brasileira, em 2012.

Serviço:
Lançamento do CD ‘If You Could See Me Now’
Dia: 17 de dezembro de (terça-feira).
Hora: 19h
Local: Biblioteca Pública do Estado/BPE (Riachuelo, 1190) – Centro Histórico – Porto Alegre/RS.
Informações: Na Biblioteca Pública, pelo telefone 3224-5045 e Face Biblioteca Pública do Estado do Rio Grande do Sul
Entrevistas: Com o produtor, Marcos Monteiro – e-mail marcosmonteiroprojetos@gmail.com
Entrada franca/contribuição espontânea.


Eventos similares

Abrir no facebook
Compartilhar