II Mostra Cine (R)existências: Movimentos Heterogêneos de Luta
Atualizado em: 18 de outubro de 2019, 04:04

II Mostra Cine (R)existências: Movimentos Heterogêneos de Luta

Frente ao contexto político vigente, nesta segunda edição da Mostra Cine(R)existências, em parceria com o grupo de pesquisa Corporalidades e o SESC/RS, propomos uma linha de curadoria que perpassa transversalmente existências e lutas e heterogêneas.

Um entrelaçamento composto por movimentos feministas, negros, transexuais, travestis, transformistas, secundaristas, antipsiquiátricos e de pessoas com deficiência.

ESPERO TUA (RE)VOLTA
Dir. Eliza Capai | Brasil |Documentário | 2019 | 93 min | 14 anos

Um retrato do movimento estudantil que ganhou força a partir do ano de 2015 ocupando escolas estaduais por todo brasil. Acompanhando três jovens do movimento e com imagens de arquivo de manifestações desde 2013, o documentário tenta compreender as ocupações e as suas principais pautas a partir do ponto de vista dos estudantes envolvidos.

14 de outubro | 2ª feira | 16h


PODADOS
Dir. Huli Balász | Brasil | Aventura | 2015 | 14min | Livre

Joana, uma pequena menina, questiona a sua professora a existência de uma nova cor. A partir da resposta que obtém, a menina se vê motivada a embarcar em uma aventura rumo à descoberta de tal cor.

+

EPIDEMIA DE CORES
Dir. Mário Saretta | Brasil | Documentário | 2016 | 70 min | Livre

O documentário narra a rotina dos participantes e coordenadores da Oficina de Criatividade ministrada no Hospital Psiquiátrico São Pedro, em Porto Alegre. As atividades no local contam com a participação de ex-internos e moradores.

14 de outubro | 2ª feira | 19h
15 de outubro | 3ª feira | 16h


UM CORPO FEMININO
Dir. Thais Fernandes | Brasil | Documentário | 2018 | 20 min | Livre

Quando nomeamos uma coisa, ela perde ou ganha sentido? “Um corpo feminino” propõe um jogo aparentemente simples – pergunta para mulheres de diversas gerações a definição de algo que em teoria as unifica. Parte de um projeto transmídia, o filme é a porta de entrada para uma narrativa que possui muitos pontos de vista e nenhuma resposta certa.

+

LORNA WASHINGTON: SOBREVIVENDO A SUPOSTAS PERDAS
Dir. Rian Córdova, Leonardo Menezes | Brasil | Documentário | 2016 | 42 min | Livre

Um retrato aprofundado e uma análise minuciosa e afetiva sobre Lorna Washington, ícone do movimento transformista carioca e estrela dos palcos de boates gays durante as décadas de 80 e 90. Hoje, Lorna continua fazendo alguns shows e performances, mas enfrenta alguns problemas em sua vida e em sua saúde, precisando lidar com algumas perdas. No entanto, o que Lorna não perdeu foi o estilo que caracterizou toda sua história, composto pelo seu rebolado e pela sua determinação.

15 de outubro | 3ª feira | 19h
18 de outubro | 6ª feira | 16h


CORPO ELÉTRICO
Dir. Marcelo Caetano | Brasil | Drama | 2017 | 94 min | 16 anos

Elias trabalha como assistente da estilista Diana em uma confecção de roupa feminina. Ele se apaixona por Filipe, um imigrante africano que trabalha na linha de produção, e começa a organizar festas para ter motivos extras para encontrar o garoto.

16 de outubro | 4ª feira | 16h
17 de outubro | 5ª feira | 16h


PATRULLA LEGAL
Dir.Mariangeles Palacios | Equador | Documentário | 2011 | 60 min | 14 anos

Uma pequena “patrulha” percorre as ruas noturnas de Quito – Equador, combatendo o abuso policial contra as trabalhadoras do sexo trans. Nesse movimento também fomentam a criação de associações, a luta por liberdade estética e de identidade. Neste filme, as/os personagens principais, patrulheiros e trabalhadoras sexuais, narram a história do projeto, seus triunfos e adversidades.

16 de outubro | 4ª feira | 19h
17 de outubro | 5ª feira | 14h


PERFORMANCE CASSIE BODERLINE (Pelotas/RS)

+

ESPERO TUA (RE)VOLTA
Dir. Eliza Capai | Brasil |Documentário | 2019 | 93 min | 14 anos

Um retrato do movimento estudantil que ganhou força a partir do ano de 2015 ocupando escolas estaduais por todo brasil. Acompanhando três jovens do movimento e com imagens de arquivo de manifestações desde 2013, o documentário tenta compreender as ocupações e as suas principais pautas a partir do ponto de vista dos estudantes envolvidos.

16 de outubro | 6ª feira | 19h