Do Lugar Onde Habito - Estreia do espetáculo de Òmìnira

O que nos move?
"Do lugar onde habito" é mais do que uma simples performance em dança, é um depoimento em forma de homenagem aos percursos sonoros e corporais que nos movem na cultura afro brasileira.

O trabalho aborda a investigação do movimento, o mapeamento dos afetos e experiências das intérpretes - a memória, os sentidos e registros corporais pessoais - como inspiração para a composição coreográfica, gerando assim o contato com a dança, o tambor, as sonoridades e plasticidades da cultura negra.

Tomando como eixo motriz a narrativa da formação dos humanos na cosmovisão da religiosidades afro brasileiras a partir da matéria terra-água e do barro primordial, "Do lugar onde habito" traz as corporalidades negras, a lama e o chão da beleza de Nanâ Buruquê como dispositivos poéticos para abordar assuntos como o corpo, a memória e as identidades.

Este é o primeiro trabalho em formato espetáculo do Coletivo Òmìnira, que iniciou sua formação em setembro de 2017, reunindo pessoas interessadas em pesquisar e vivenciar dança e percussão afro-brasileira, afirmando as suas referências e inspirações nas expressões culturais, ritmos, cantos e danças da cultura negra. Seus componentes vêm de diversas vertentes arte-educativas, desde pedagogos, bailarinos, atores, percussionistas, capoeiristas e brincantes da cultura popular. Nestes primeiros 2 anos de formação, o grupo tem se reunido para afirmar a cultura afro como recorte identitário, fortalecendo subjetividades e o cotidiano de seus integrantes, entendendo que o dançar, o cantar e tocar também são dimensões políticas.

Serviço:
Do lugar onde habito
Coletivo Òmìnira | dança e música afro-brasileira.
Dias 26 e 27 de setembro, às 20hs.
Local: Teatro de Arena- Av. Borges de Medeiros, 835. Centro|POA
Ingressos: R$ 25,00 (meia: estudantes, professores, classe artística e maiores de 60 anos, mediante comprovação)

Ficha Técnica:
Interpretes: Ariadne Paz, Belize Leite, Carla Nascimento, Laura Soares e Luziana Cavalli.
Coreografia: criação coletiva
Direção musical: Andressa Ferreira
Musicos: Eduardo Maciel e Roberto Santin.
Cenografia e figurinos: O coletivo
Iluminação e sonoplastia: Patrick Simões.
Identidade visual: Vânia Pierozan
Fotografia: Afrovulto
Produção: Jinca e LaLola Produtora
Concepção e Direção geral: Luziana Cavalli

Realização: Coletivo Ominira


Apoios:
Teatro de Arena
Centro Cultural Ufrgs.
Apoia-se-Financiamento Coletivo.


Eventos similares

Pegue um convite