Desalinhos

Desalinhos

A exposição Desalinhos procura uma projeção temporária de signos aversos, com inquietudes que não estão aprumadas em uma relação contínua. Produzir, distribuir e consumir ao mesmo tempo em que se questiona como, por que e quanto, (in)dependente da (in)visibilidade de um sistema da arte.

A fim de promover esse debate, o coletivo de curadores, Prócrise, formado por Carina Dias, Fernanda Almeida, Italo de Rocco e Lucas Vilela Souza faz o recorte com alguns artistas: Bruno Cardoso, Camila Elis, Felipa Queiroz, Joana Burd, Lorenzo Galeano, Marina Borges, Paulo H. Lange, Renata Camargo e Verônica Vaz. Todos os artistas são atuantes na inauguração do ateliê Linha, e que se deslocam, agora, até a Casa Baka. Ambos espaços independentes funcionam como intérpretes desse sistema que se articula com diferentes propósitos, ao mesmo tempo similares. Partindo de uma tradução da seleção já feita pelo Linha com artistas e poéticas, em si, muito distintas, a proposta não é ilustrar uma temática, mas elucidar uma meta visão e deslocamentos entre espaços e agentes da arte.

Casa Baka
- Diego Groisman
- Charlene Cabral

Curadoria Prócrise
- Carina Dias
- Fernanda Almeida
- Lucas Vilela Souza

Artistas
- Bruno Cardoso
- Camila Elis
- Felipa Queiroz
- Joana Burd
- Lorenzo Galeano
- Marina Borges
- Paulo H. Lange
- Renata Camargo
- Verônica Vaz

Projeto Gráfico
- Ítalo Brunetto De Rocco

Projeto Expográfico
- Tiago de Campos

Montagem
- Lucas Ströher Schultz