Dança Exploração - Sentidos em Relações
Atualizado em: 09 de novembro de 2019, 19:07

Dança Exploração - Sentidos em Relações

Ocupar o corpo
Ocupar o corpo-cidade

Uma vez me disseram que desenvolver trabalhos artísticos, que inspiram e trazem a nossa presença fortalece e regenera o ambiente. O corpo como lugar onde acontece essa alquimia energética, uma transformação de si por meio da arte que gera força e regeneração para os corpos (o meu corpo, o do outro e do corpo-cidade).

Creio na potência de estarmos juntos, em coletivo, ocupando os espaços públicos da cidade. Proponho aqui uma alquimia que terá como fio condutor a exploração dos sentidos e nossa capacidade de gerar movimento - seja ela vento, condensação, som.

Como se dá essa ocupação do corpo? Só ocupando, sentindo, poderá ser transformado.
Como compartilho com o outro? Desperto para o corpo e descubro novas possibilidades quando em contato com o outro.
Como interajo e me relaciono com o parque? Estou em relação e como torno ela equilibrada, harmoniosa, prazerosa, de forma a respeitar minha forma de estar e ser no mundo e de todas as demais formas de vida.

Exploraremos possibilidades sensíveis, táteis e sonoras de movimento.

Ponto de encontro // Rosa dos Ventos - Redenção

Público-alvo // Necessário ter experiência prévia em viver! :) para isso, aqui, um corpo!

Investimento // Contribuição consciente!

Quem facilita // Raissa Martinez

Estuda a expressão corporal como forma de cura e um caminho para conectar com outros estados de consciência-corpo, também vinculado a um serviço de trabalhar coletivamente às relações. Desenvolve o projeto REMA e da Dança Exploração. Fez parte do Grupo Experimental de Dança, formou-se no módulo I de Teatro e Dança Contemporânea na Teatraria³, é reikiana, atualmente é graduanda em Dança na UFRGS, pratica acrobacia de solo com Walkiria Grehs, integra o projeto de extensão DESC (Dança, educação somática e criação), participa de um grupo de rituais para a lua e tem interesse e vínculo pelas linguagens do butoh, da capoeira, do xamanismo, do contato e improvisação e de terapias corporais.