Clube de leitura 579 - Rediscutindo a Mestiçagem no Brasil

Clube de leitura 579 - Rediscutindo a Mestiçagem no Brasil

CLUBE DE LEITURA 579
Grupo de reflexão e discussão. Livre e aberto.

Convidamos todxs para participar do nosso clube de leitura! Venha no nosso próximo encontro! Será uma tarde de conversa, debate e muito aprendizado!

#2 Livro: Rediscutindo a Mestiçagem no Brasil - Identidade nacional versus identidade negra
Autor: Kabengele Munanga

DATA: 23/11 - Sábado
HORÁRIO: 14h
LOCAL: Espaço Cerco Cultural (Riachuelo, 579 - Centro Histórico)
A participação é gratuita, mas aceitamos, de quem puder e quiser, colaboração espontânea de qualquer valor para manutenção do evento e do Espaço Cerco Cultural.

Esta edição está sendo organizada por Marina Kerber e Vanessa Rodrigues.

------------------------------------------------------------------

SOBRE O CLUBE:
O Clube de Leitura 579 iniciou suas atividades em 2019 com o objetivo de ser um encontro entre pessoas interessadas em discutir e refletir sobre as leituras propostas. Qualquer pessoa pode participar! O único pré-requisito é ter lido o livro ou ter interesse em discutir o assunto abordado na leitura. Neste encontro, especificamente, convidamos qualquer pessoa que tenha interesse em discutir e pensar novas estratégias de abordagem sobre MESTIÇAGEM e MISCIGENAÇÃO no Brasil que participe do encontro, para enriquecer o debate para além da leitura de um único livro. :)

MAIS INFORMAÇÕES E DÚVIDAS: inbox para Marina Kerber ou marinatkerber@gmail.com

SOBRE O LIVRO:
É à luz do discurso pluralista emergente (multiculturalismo, pluriculturalismo) que a presente obra recoloca em discussão os verdadeiros fundamentos da identidade nacional brasileira, convidando estudiosos da questão para rediscuti-la e melhor entender por que as chamadas minorias, que na realidade constituem maiorias silenciadas, não são capazes de construir identidades políticas verdadeiramente mobilizadoras. Essa discussão não pode ser sustentada sem colocar no bojo da questão o ideal do branqueamento materializado pela mestiçagem e seus fantasmas. (Fonte: https://tinyurl.com/y3ju5kh7)

OBSERVAÇÃO: O autor publicou em julho de 2019 a quinta edição do livro na qual: "[...] apresenta um novo capítulo e novas considerações nas conclusões. O professor Kabengele Munanga relê seu livro e neste insere novas análises, considerando o período de vinte anos que separa esta publicação da sua primeira edição, em 1999. Esta atualização é realizada em um momento de mudanças expressivas na sociedade brasileira e no contexto das relações étnico-raciais, das políticas de ações afirmativas e da implementação das cotas, e traz as considerações do autor sobre as fraudes e as discussões sobre o colorismo. O autor interpreta essas mudanças à luz da questão da mestiçagem, considerando as suas representações e os usos político-ideológicos no Brasil do século XXI, e se posiciona de maneira pessoal, firme e contundente, como é marca da sua personalidade, do seu fazer político e do seu modo de produzir conhecimento." (Fonte: https://tinyurl.com/y3ju5kh7)

O livro escolhido está disponível nas principais livrarias e em pdf no link (essa é a 1ª edição): https://tinyurl.com/uf3s6co

SOBRE O AUTOR:
Kabengele Munanga é doutor em Antropologia pela Universidade de São Paulo-USP (1977) e professor do Departamento de Antropologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da mesma instituição. É autor de vários trabalhos na área de Antropologia da População Negra Africana e Afro-Brasileira, como Os Basanga de Shaba (1986); Negritude: usos e sentidos (1988); A revolta dos colonizados (1995); Estratégias e políticas de combate à discriminação racial (1996); entre outros. (Fonte: https://tinyurl.com/y4mypq8f)

------------------------------------------------------------------
SOBRE AS ORGANIZADORAS:

Co-organizadora e Idealizadora do Clube de Leitura 579:
Marina Kerber
Mestra em Meios e Processos Audiovisuais pela Universidade de São Paulo (USP). Bacharela em Comunicação - Realização Audiovisual pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Seu trabalho como artista é explorado através do teatro, do audiovisual e das artes visuais. No teatro trabalha desde 2008 no Grupo Cerco como atriz, dramaturga e designer gráfica com destaque para o mais recente espetáculo da companhia: Arena Selvagem. No audiovisual predomina seu trabalho com animação, principalmente na relação entre desenho e fotografia e já participou de festivais nacionais e internacionais, tendo recebido prêmios na área. Além disso, Marina também conduz estudo acadêmico sobre a arte da animação, tendo participado de congressos e eventos na Ásia e nas Américas, e ministra oficinas para iniciantes. Apesar de não ter formação acadêmica em Artes Visuais, Marina tem afinidade com desenho, pintura e fotografia desde criança. Já participou de exposições coletivas com trabalhos em desenho, pintura, vídeo e fotografia.​​​​​​​ Em 2019 organizou os primeiros encontros do Clube de Leitura 579, no qual livros pertinentes à realidade social e política mundial em geral e brasileira em particular, são discutidos.

Co-organizadora do Clube de Leitura 579:
Vanessa Rodrigues
Bacharela em Comunicação - Produção Audiovisual pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Atua profissionalmente com produção e direção de arte em produções publicitárias e cinematográficas no Rio Grande do Sul. Participante ativa de causas sociais, em 2018 participou como agente mobilizadora do projeto "circuito universitário de cinema" realizado pelo Instituto de Cultura e Movimento (ICEM), organizando e realizando cinedebates com filmes de gênero. Atualmente possui projetos sociais, voltados para negritude, focado principalmente na representação e luta da mulher negra no território nacional.

#clubedeleitura579 #espacocercocultural #grupocerco #kabengelemunanga
Pegue um convite