Carmen e os Violões - Lançamento Oficial do Disco

Carmen e os Violões - Lançamento Oficial do Disco

O espetáculo “Carmen e os Violões”, estreado em agosto de 2018 e indicado ao prêmio Melhor Espetáculo do Ano no Açorianos de Música 2019, já percorreu diversos teatros pelo Rio Grande do Sul tendo uma de suas performances registrada e transformada em disco. Financiado por mais de 200 apoiadores pela plataforma www.catarse.me/carmeneosvioloes , a Violões de Porto e Ana Medeiros preparam o seu lançamento oficial para o próximo dia 15 de outubro, no teatro Renascença.

“Carmen ; os Violões” – Lançamento Oficial do Disco
QUANDO: 15 de outubro, terça-feira, às 20h.
QUANTO: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia entrada prevista em lei)
ONDE: teatro Renascença, rua Érico Veríssimo, nº 307 - Azenha
INGRESSOS:

- loja Sirius (rua da República, nº 304 - Cidade Baixa), de 17/09 até às 12h do dia 15/10 (PAGAMENTO EM DINHEIRO)

- sympla , até às 23:59 do dia 14/10;

-na bilheteria do teatro no dia do evento, a partir das 19h. (PAGAMENTO EM DINHEIRO)

MEIA-ENTRADA: portadores do benefício da Lei da Meia-Entrada (Lei Federal nº 12933/2013) deverão apresentar comprovante na entrada do teatro. O benefício é garantido para estudantes, pessoas com deficiência e jovens, de baixa renda, com idade entre 15 e 29 anos. Lote limitado à 40% dos ingressos comercializáveis.

SINOPSE
Oito violonistas, uma bailarina e castanholas. "Carmen e os Violões" é um concerto cênico: música de concerto acompanhada de coreografia sobre um enredo. A partir da parceria entre a camerata Violões de Porto e a bailarina Ana Medeiros, a performance é inspirada na ópera “Carmen” de Bizet e na biografia de Carmen Miranda, evocando elementos do protagonismo feminino e da cultura popular. O espetáculo também faz referência a Chiquinha Gonzaga, Carmen Amaya e outras mulheres de destaque como se fossem as diversas “Carmens da vida”. A coreografia é baseada no flamenco, sem deixar de lado aspectos da dança contemporânea e do samba. Das castanholas de Sevilha ao swing brasileiro, o espetáculo traz em seu repertório compositores consagrados como Georges Bizet, Manuel De Falla, Ernesto Nazareth e Chiquinha Gonzaga.


Violões de Porto
Estreada em abril de 2017, a camerata Violões de Porto é um coletivo de violonistas profissionais da música de concerto no formato de uma mini-orquestra executando obras originais ou arranjadas para esta formação. O repertório transita entre os mais diversos estilos, do barroco ao contemporâneo, de diversos cantos do mundo e apresentando a sonoridade do violão para além do formato solo ou de acompanhamento, inovando com cores, intensidade e performance.
Com sede de ensaio em Porto Alegre através do apoio da Casa da Música POA, o grupo é formado por músicos de ampla formação, são eles Bruno Duarte, Eduardo Pastorini, Douglas Wagner, Felipe Herbert, Rafael Lopes, Marcel Estivalet e Thiago Kreutz.



La Negra Ana Medeiros
Ana Medeiros é bailarina de flamenco e percussionista. Dedica-se ao estudo e ensino de castanhola e dança flamenca ha mais de 20 anos, ministrando aulas regulares, oficinas e cursos intensivos em todo Brasil e Espanha. Tem em seu currículo vários prêmios, entre eles Melhor Bailarina no "Prêmio Açorianos 2012" e Bolsa de estudos na Espanha no "II Ciclo dedicado a la Formación completa del Baile Flamenco em Madrid/ES" . Neste percurso desenvolveu método pioneiro no toque e arranjo musical da castanhola, aliando a pratica de bailarina à utilização como instrumento solista.

APOIO: Cats Mídia, Casa da Música Poa, Espaço n e Loja Sirius Artigos Esotéricos
Pegue um convite