Bundaflor, Bundamor

O trabalho discorre sobre a Bunda. Bundaflor, Bundamor propõe um olhar diferenciado a essa parte do corpo humano, atentando para a sua constituição, o seu desenho e as suas possibilidades motoras. A bunda brasileira, formada graças à herança genética africana, é massa carnal rebolante que mostra a nossa alegria mestiça, em algumas manifestações mais originais. Eduardo Severino, Luciano Tavares, Mônica Dantas, Viviane Gawazee, Daniel Aires e Gabriel Martins abordam com humor o imaginário brasileiro, brindando nos movimentos de seus corpos para além da banalização dos elementos que compõem o real e o simbólico desse universo. “Como dizia Drummond, é o milagre de ser duas em uma, plenamente, e bunda é a bunda, redunda. E bem como viu Jean-Luc Henning em sua Breve história das nádegas, a bunda é barroca, sim: a bunda é barroca. Curva e plenitude”.

Concepção; Eduardo Severino e Luciano Tavares
Direção coreográfica: Eduardo Severino
Elenco: Eduardo Severino, Luciano Tavares, Mônica Dantas, Viviane Gawazee, Daniel Aires e Gabriel Martins
Iluminação: Luka Ibarra
Fotos: Camila Cunha
Arte: Verônica Prokkop
Realização: Porto Verão Alegre/Eduardo Severino Cia de Dança
Apoio: Espaço N/ Lucida desenvolvimento Cultural

Eventos similares

22 mar · domingo 20:00 · Daqui 1 mês
Pegue um convite