Brazilian Sounds no 512

A Brazilian Sounds, que tem se apresentado com sucesso na capital gaúcha e em outras cidades brasileiras, é fruto da parceria e encontros de músicos de diversos segmentos, como MPB, funk,
black music, rap, samba e pagode. Aqui uma pausa para destacarmos o excelente nível e suingue atribuído a esse repertório. O resultado da união de Ian Soarez (Mc, vocal), Fernando Gasparoni (violão e voz), Leandro Farias (percussão, vocal), Edinho Santos (baterista) ,Gabriel Silva (percussão) e Duda Gasparoni (tecladista) e Pio Martini (metais) é uma performance elogiada por onde passa e que conta também com um trabalho autoral. A Brazilian Sounds é uma grata surpresa na música brasileira.

Quem é quem na Brazilian Sounds:
Nando Gasparoni - Nascido na capital gaúcha , filho da cantora Brisa Libio e de Marinho Gasparoni, também violonista, Nando seguiu os passos boêmio s de sua progeniti8zcora e também enveredou-se pelos sambas do Centro Histórico e do Moinhos de Vento (no famoso Bodega Bar que ficava na rua Hilário Ribeiro), onde por 11 anos, ao lado de seu irmão, Duda Gasparoni, defendeu o samba com honestidade. Atualmente ele aposta em seus trabalhos autorais, onde mostra toda sua trajetória e personalidade acompanhado dos músicos da Brazillian Sounds. Um trabalho único e com o molho dessa mistura autêntica da verve da capital.

Leandro Farias - Desde a década de 90 faz música com diversas participações nas bandas: Pagode da Nena, Só Improviso, Vitrine do Samba, Samba da Joaquim e Rivotrio.

Edinho Santos - Passou por bandas com diversos gêneros musicais como metal, rock, funky, rap, samba e pagode, como Mr brown, The Thing, Delta 9 e Doce Swing.

Gabriel Silva - Participações nas banda: Só Improviso, Black Tchê, Samba Asthral, Orquestra Évora e Jam Bless.

Ian Kria - Além da Brazilian Sounds, compõe o grupo de rap, Kria Partenon, nome dado ao local onde nasceu e desenvolveu o gosto pela arte das rimas. Iniciou os primeiros versos em 2010 nas
batalhas de rua da Capital. Em 2016 Fez parte do Grupo Real Família, também da zona leste, trabalho que teve relevância reconhecido pelas mídias locais e canais da internet recebendo
críticas positivas, e participações em diversos projetos de incentivo à cultura, como o Rap na Rua, Feira do Hip-Hop e Festival Quilombo.

*********
Abertura da casa: 19h
Show: 22h
Ingresso: R$ 10,00
Chope com 50% desc. até às 21h.🍻

Eventos similares

Pegue um convite