Aproveite a cidade de Porto Alegre

Audições comentadas de Jazz - Miles Davis

Um dos maiores músicos de sua época, Miles Davis foi compositor, trompetista e instrumentista de Jazz. Conhecido por dominar o conceito de jazz inovador, o instrumentista fez parte do grupo que criou o bebop no início dos anos 1940, gravando com Charlie Parker e Dizzy Gillespie. Com o passar do tempo, Davis formou uma banda com nove integrantes, com instrumentos incomuns como o chifre francês, trombone e tuba, que marcou profundamente a história do cool jazz. Miles deixou um legado de grandes clássicos significantes para o jazz moderno, como Venus de Milo, Générique, Miles Runs The Voodoo Down, Right Off, Milestones e So What. Irreverente, excêntrico e genial, Miles Davis é o homenageado da vez do Audições Comentadas de Jazz.

A canja musical ao vivo é comandada por Grupo Versão Brasileira, interpretando grandes clássicos de Miles Davis.

Esta atividade tem patrocínio da Crown Embalagens e financiamento do Ministério da Cidadania, Governo Federal.

Sobre o Audições Comentadas de Jazz: Todos os meses, um encontro dedicado ao Jazz. A cada edição, a homenagem aos grandes nomes do gênero. Histórias, curiosidades e memórias de quem dedicou a vida ao ritmo musical que atravessou as fronteiras dos Estados Unidos para ganhar o mundo. O jornalista Paulo Moreira promove uma verdadeira viagem no tempo para estimular uma noite de ode ao Jazz. A audição fica completa com canjas musicais ao vivo, trazendo cantores e instrumentistas da cena jazzística de Porto Alegre.

O jornalista Paulo Moreira tem 38 anos de carreira, sendo que mais de 20 dedicados à produção, redação e radiodifusão de conteúdos musicais, desde a Rádio 102 FM, de 1994 a 1996, quando produziu o programa “Jam Session”, apresentado por Ruy Carlos Ostermann. De 1997 a 1999, exerceu crítica de música e cinema no jornal Correio do Povo e, a partir de julho de 1999, produz e apresenta o programa Sessão Jazz nos 107,7 da FM Cultura. Realizou cursos sobre História do Jazz e do Rock durante 4 anos dentro da programação do Studio Clio.

O Grupo Versão Brasileira foi criado em 1988, em Porto Alegre. Trata-se de um grupo de música instrumental brasileira contemporânea, formado por 4 profissionais de diversas áreas: Antônio Xavier (guitarras e violões), Felipe Braga (sax alto e soprano), Marcelo Leal (contrabaixo) e Rubem Penz (bateria e percussão). O grupo contribui para a história da música instrumental porto-alegrense, tendo já tocado em renomados locais como Espaço IAB, Opinião, Sala Jazz Tom Jobim, Café Concerto Majestic e Café Fon Fon. Em 2000, o Grupo Versão Brasileira gravou o álbum Passatempo (Independente), com temas autorais e de autoria de Paulo Dorfman, Marcelo Corsetti e Bethy Krieger.

Informações gerais
Período: 05.09.2019
Dia da semana: quinta
Duração: 2h
Horário: das 19h30 às 21h30

Eventos similares

Pegue um convite