Arte para Todos Delphus - novembro

A última edição 2019 do projeto Arte para Todos Delphus promove uma coletiva sem precedentes de três autores renomados que fazem arte figurativa com características e temáticas diferentes: Armando Gonzalez, Marcia Marostega e Victor Hugo Porto apresentam em suas obras peculiaridades e diversidades que enriquecem essa mostra e por isso mesmo a fazem especial e única. A Delphus Galeria abre suas portas no sábado, 09 de novembro, para a inauguração da mostra com curadoria de Rita Raimondi e live painting com os artistas, com entrada franca.

"O que inspira um artista? São muitas as respostas e um tema sempre recorrente são os pequenos detalhes do dia-a-dia que nos passam despercebidos ou parecem mesmo insignificantes, mas que são poderosas fontes de inspiração aos mais criativos.
A arte e os artistas têm sempre um princípio motivador que os impulsiona a expressar os sentimentos da vida; agitação, medo, alegria, raiva ou amor ... Cada um de nós, por sua vez, percebe e reage a essas expressões de maneira diferente, estabelecendo assim um vínculo pessoal e único com a obra e o artista.
Estas motivações são fruto de uma sensibilidade acentuada natural e própria dos que lidam com a arte, seja uma ideia, um conceito ou um pensamento que o autor busca manifestar com traços, formas, cores, sombras e tons mostrando o que muitas vezes é difícil exprimir em palavras.
É nesse "território criativo" que os sentimentos se materializam e refletem a personalidade dos artistas e o que procuram manifestar com a sua obra.
Nessa linha, a última exposição 2019 de “Arte para Todos Delphus”, apresenta uma coletiva sem precedentes de três autores renomados que fazem arte figurativa com características e temáticas diferentes: Armando Gonzalez Perez, Marcia Marostega e Victor Hugo Porto apresentam em suas obras peculiaridades e diversidades que enriquecem essa mostra e por isso mesmo a fazem especial e única.
Armando, com sua temática campeira, onde se destacam as fabulosas paisagens de um Pampa sem fim e a figura emblemática do Gaúcho, eternizado nas suas atividades simples e tão características da nossa terra; Marcia, que nos traz através dos rostos angelicais de suas excepcionais mulheres e meninas uma beleza suave e quase renascentista; Victor, também com a temática feminina, em suas exuberantes e sensuais "Donas Marias", com o batom vermelho a reforçar o imaginário.
A forma humana e a natureza, elementos fundamentais que encontramos nas obras desses três pintores, são expressas aqui com grande técnica e muita experiência.
São um exemplo de como a arte ensina e nos permite compreender a beleza através do trabalho dos artistas, e ao mesmo tempo, entender e exercitar a sensibilidade presente em cada obra e em nós mesmos".
Rita Raimondi – curadora

Armando Gonzalez
Nasceu em Montevidéu, no Uruguai, onde estudou desenho e pintura na Escola Nacional de Belas Artes e graduado em arquitetura pela Faculdade de Arquitetura da República Oriental do Uruguai. Mudou-se para o Brasil em 1972, radicando-se em Porto Alegre. Desde os anos 1960 participa de mostras individuais e coletivas, no Brasil, Uruguai e Argentina.

Marcia Marostega
Natural de Santa Rosa/RS. Atualmente reside em Santa Cruz do Sul/RS. Bacharel em Desenho e Plástica e pós-graduada em Design para Estamparia pela Universidade Federal de Santa Maria, estudou pintura na Scuola Lorenzo de’Medici em Florença/Itália. Participou de várias exposições coletivas e individuais. Classifica sua obra como Arte Moderna.

Victor Hugo de Porto
Nasceu em Caxias do Sul (RS) em 1954. Começou a pintar ainda criança. Trabalhou alguns anos com natureza morta, passando por paisagens até chegar às figuras femininas que são sua marca registrada, no estilo cubista expressionista, usando a técnica do acrílico sobre tela. Atualmente divide sua produção em pinturas, gravuras e esculturas. Suas mulheres são cheias de sensualidade, muito coloridad e com traços marcantes.

Eventos similares

Pegue um convite