A Revolta Popular Contra o Aumento do Custo de Vida
Atualizado em: 28 de outubro de 2019, 06:25

A Revolta Popular Contra o Aumento do Custo de Vida

Uma vez mais os povos na América Latina tomam seu destino nas mãos para colocar freio na ganância dos ricos e governantes.

A vida cada vez mais cara e violenta para os de baixo vem nos roubando a dignidade em todo o continente, mas a força ancestral dos povos no Equador e no Haiti nos mostra que é possível vencer tomando o caminho das ruas através da mobilização de massa articulada com ação direta.

No Equador, o presidente Lenin Moreno para cumprir as metas do FMI retirou o subsidio dos combustíveis o que elevou o preço em mais de 123% a resposta do povo na rua foi imediata e contundente, 11 dias de manifestações massivas em todo o país levaram o presidente a recuar.

No Haiti, o povo nas ruas exigem a renuncia do presidente Jovenel Moïse que vem aplicando a agenda econômica do FMI as custa do sofrimento do povo.

Mais do que apenas combater a aplicação das politica financeiras do FMI pelo governos de turno os povos no Haiti e Equador nos mostram a sabedoria ancestral de uma luta que se defronta com as estruturas do colonialismo há mais de 500 anos.

Para darmos visibilidade as lições dessas lutas a Federação Anarquista Gaúcha/CAB convida ao debate os amigos e companheiros:

Onir Araujo - Advogado e militante da Frente Quilombola

Bruno Lima Rocha - cientista político e professor de relações internacionais




Eventos similares